FAMÍLIA E DIABETES

A diabetes Mellitus é uma doença crônica. Para evitar complicações causadas  pela doença é preciso que o paciente tenha uma boa adesão ao tratamento, o que implica em mudanças no comportamento.

Por ser uma doença crônica a diabetes pode gerar impacto físico, social e psicológico.

Quando o paciente descobre a doença é comum que manifeste emoções como:

- Medo

- Sentimento de culpa

- Raiva

- Desamparo

- Ansiedade

- Inferioridade

- Revolta

- Baixa auto-estima

- Dificuldade de se relacionar

 

Quando a criança é portadora de diabetes, é necessário que a família faça uma readaptação na rotina e estilo de vida.

Diversos sentimentos surgem nos pais, como: frustração, ansiedade, culpa.

Os pais podem se tornar superprotetores e tentar compensar a sobrecarga do tratamento.

Por esse motivo a família deve buscar ajuda psicológica, pois, a família é essencial para a aceitação da doença, assim, o paciente poderá sentir-se apoiado a enfrentar as dificuldades com mais tranquilidade e segurança. Com menos estresse e maior bem estar.

 

Vanessa Dos Santos

Psicóloga | CRP – 07/15.484

 

Dr. Geisson Beck Hahn

Responsável Técnico Médico

Cirurgia do aparelho digestivo | CREMERS 26.428 | RQE 19.030

Assine a newsletter

Receba novidades em seu e-mail